Sobre meritocracia

De LHC
Revisão de 11h06min de 3 de janeiro de 2014 por Renne Rocha (discussão | contribs) (Criou página com 'Acho que todos na reunião tivemos o mesmo senso do que determina participação. O esforço e presença da pessoa no espaço. Aqueles que se interessam o bastante para entend...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Acho que todos na reunião tivemos o mesmo senso do que determina participação. O esforço e presença da pessoa no espaço. Aqueles que se interessam o bastante para entender os mecanismos do coletivos, sua constituição, seus valores, e com isso atuam de maneira a fazer uso deste, exercer as atividades pertinentes a sua continuaidade, e melhora-lo para o beneficio de todos os membros. Isso é organicidade. Estamos falando de pessoas que se tornaram orgânicas ao coletivo e seus diversos espaços. Meritocracia não é isso. É uma ideologia que quando aplicada a administração atribui responsabilidades e direitos àqueles que demonstram mais e melhores títulos de mérito, como inteligência, educação, e credenciais. Acho que deste últimos queremos fúgir, sendo que muitos de nós não estamos satisfeitos com a universidade, que pussui essa ideologia em suas bases. Posso dar muitos mais argumentos, mas acho que somos consenso nisso.

Beijo Jorge