Evento:2018/08/07 Happy Hacking com Juca

De LHC - Laboratório Hacker de Campinas
Ir para: navegação, pesquisa
O que: Happy Hacking com Juca no LHC
Descrição: Felipe "Juca" Sanches, co-fundador do Garoa Hacker Clube e apresentador
           do canal Happy Hacking Video Blog no Youtube, estará em Campinas para dar uma
           palestra sobre "Arqueologia Digital: preservação histórica de computadores
           e video-games por meio de técnicas de emulação e engenharia reversa."
           Depois da palestra, no período da tarde, Juca vai visitar o LHC com a intenção
           de bater-papo e fazer uma atividade informal no espaço.

Quando: Da metade da tarde até as 22h, quando o motorista da Unicamp
        chega para levar o Juca de volta pra São Paulo.
Onde: Na sede do Labotatório Hacker de Campinas

Palestra na UNICAMP

Fará parte do evento Semana da Computação da UNICAMP (SECOMP 2018).

Descrição

O projeto MAME (Multiple Arcade Machine Emulator), e posteriormente seu projeto irmão MESS (Multi Emulator Super System), nasceram com o propósito de documentar a história da eletrônica digital, por meio da emulação fiel dos circuitos digitais de placas-mãe de arcades, computadores, consoles de video-game, e diversos outros equipamentos. Por meio do estudo do código-fonte desses projetos podemos entender melhor como esses dispositivos funcionam, assim como interagir com esses equipamentos mesmo depois de tornarem-se raros ou inacessíveis. Podemos também aprender mais sobre técnicas de projeto de hardware e de desenvolvimento de software embarcado, arquiteturas de computador, etc.

Por fim, dentre as técnicas que precisamos dominar para o desenvolver novos emuladores com base no framework do Projeto MAME, estão procedimentos de engenharia reversa que são também muito úteis no processo árduo de criação de soluções livres que substituam os firmwares proprietários utilizados nos mais diversos dispositivos do nosso cotidiano, ou no processo de port de sistemas operacionais para novas plataformas de hardware. Nesse sentido, estes conhecimentos de engenharia reversa não são somente o meio para se conseguir matar as saudades dos jogos de video-game das décadas passadas, mas também ferramenta de reconquista da autonomia no uso de computadores de hoje em dia.

Mini-bio do palestrante

Felipe Sanches é ativista e desenvolvedor de software livre e projetista de hardware livre. Participa profissionalmente do desenvolvimento de software livre nas áreas de tipografia e design gráfico, como Font Bakery e Inkscape, auxiliando no controle de qualidade do acervo tipográfico do projeto Google Fonts. Apresentador do canal de vídeos "Happy Hacking Video Blog" no YouTube, em seu tempo livre dedica-se à preservação histórica de dispositivos de hardware por meio da engenharia reversa e da implementação de emuladores junto ao projeto MAME assim como o escaneamento de documentos técnicos para distribuição pelo Internet Archive. É também co-fundador do Garoa Hacker Clube, o primeiro hackerspace brasileiro, e do PoliGNU: Grupo de Estudos de Software Livre da Escola Politécnica da USP.